CÃO-GUIA PARA CEGOS

QUEM PODE TER

A ABAADV pretende servir as pessoas que demonstrem que irão beneficiar, no seu dia-a-dia, com a obtenção desta ajuda na sua locomoção. Existem qualificações que permitem ao possível candidato verificar se se enquadra ou não nas competências essenciais para vir a utilizar um Cão-guia.

Para se candidatar a ser um utilizador de Cão-guia para Cegos deve respeitar as seguintes condições:

  • Ser totalmente cego ou possuir alguma perceção luminosa ou visual mas que não suficiente para ser utilizada nas deslocações;
  • Ter uma idade compreendida entre os 18 e os 65 anos. Cada candidato será julgado pelos seus méritos individuais e as exceções aos limites de idade poderão ser justificadas pelas capacidades físicas e altas motivações para ser ativo;
  • Não possuir uma deficiência adicional ou doença crónica que impeça o estabelecimento de uma uma relação normal com o cão e com o ambiente;
  • Possuir capacidades de orientação e técnicas de mobilidade que permitam deslocar-se no ambiente urbano da sua residência e área onde exerça a sua atividade;
  • Não exercer a mendicidade;
  • O candidato deverá possuir um modo de vida com um propósito construtivo. Poderá não estar empregado mas terá que possuir um potencial realístico de emprego e não poderá ser um indivíduo que pretenda o cão unicamente para companheiro.

Salientamos que para os nossos cães para manterem a sua eficácia requerem que o seu serviço obedeça a propósitos concretos de trabalho.

COMO SE CANDIDATAR

A candidatura é iniciada através do preenchimento e envio do Formulário que consta do Dossier de Candidatura. Este formulário terá que ser preenchido e enviado para a Escola, anexando todo o processo pertencente ao Dossier de Candidatura e todos os documentos requeridos no mesmo.

No Dossier de Candidatura constam todos os documentos necessários à candidatura a utilizador de cão-guia, bem como informações essenciais ao processo, tais como: critérios de admissão e seleção, regras de comparticipação e outras. Antes de iniciar qualquer processo de candidatura, todos estes documentos deverão ser lidos e analisados com a máxima atenção.

Pode aceder a todos os documentos que fazem parte do Dossier de Candidatura aqui.

Se a candidatura for aceite, o candidato será convocado para uma entrevista a realizar nas instalações da Associação e para uma observação prática nas ruas de Mortágua. Depois, ficará a aguardar que surja um cão-guia compatível com as suas características, momento em que será convocado para a realização do estágio de formação da dupla.

Caso assim o pretenda, pode solicitar o Dossier de Candidatura à Escola, que o enviará por correio.

MORADA

Rua da Albufeira nº15
Chão de Vento | 3450-333
Mortágua PORTUGAL

SUBSCREVER NEWSLETTER