O Cão-guia

 

Quem já nos ajuda:
Rosa Lopes e Silva - Alumínios Agrupamento de Escuteiros - 1241 Mortágua

 


 

Associação Beira Aguieira de Apoio ao Deficiente Visual

Chão de Vento | 3450-333 Mortágua

E-mail: geral@caesguia.org
Tel.: 231 920 978

 

Com o apoio da FFAC – www.chiensguides.frSócio Efectivo da IGDF – www.ifgdsb.org.uk

SER AMIGO DE UM CÃO-GUIA

 

Nunca se deve distrair um Cão-guia quando está em trabalho.

Uma pessoa cega guiada por um Cão-guia deve ser considerada como uma pessoa independente; a melhor maneira de a ajudar é respeitá-la como tal.

Nunca deve oferecer comida a um Cão-guia.

Não deve sentir medo de um Cão-guia.

Não tenha o seu cão solto quando se aproximar de uma dupla cego/Cão-guia.

Pode provocar um acidente.

Nunca toque no arnês de um Cão-guia. Só o seu utilizador o deve fazer.

O Cão-guia tem uma boa saúde e não transmite doenças.

Colabore na difusão destes conselhos.