O Cão-guia

 

Quem já nos ajuda:
Rosa Lopes e Silva - Alumínios Agrupamento de Escuteiros - 1241 Mortágua

 


 

Associação Beira Aguieira de Apoio ao Deficiente Visual

Chão de Vento | 3450-333 Mortágua

E-mail: geral@caesguia.org
Tel.: 231 920 978

 

Com o apoio da FFAC – www.chiensguides.frSócio Efectivo da IGDF – www.ifgdsb.org.uk

QUEM PODE TER UM CÃO-GUIA

 

A ABAADV pretende servir muito especialmente as pessoas que demonstrem que irão beneficiar no seu dia a dia com a aquisição deste meio de locomoção. Existem qualificações que permitem ao possível candidato verificar se se enquadra ou não nas competências essenciais para vir a utilizar um Cão-guia.

É uma realidade que nem todas as pessoas cegas poderão tirar benefício desta ajuda técnica e caberá à Escola a responsabilidade de entregar um Cão-guia a uma pessoa para quem o mesmo venha a ser uma mais valia.

Para se candidatar a ser um utilizador de Cão-guia deve respeitar as seguintes condições:

- Ser totalmente cego ou possuir somente percepção luminosa ou visual mas não suficiente para ser utilizada nas deslocações.
- Ter uma idade compreendida entre os 18 e os 65 anos. Cada candidato será julgado pelos seus méritos individuais e as excepções aos limites de idade poderão ser justificadas pelas capacidades físicas e altas motivações para ser activo.
- Não possuir uma deficiência adicional ou doença crónica que impeça o estabelecimento de uma uma relação normal com o cão e com o ambiente.
- Possuir capacidades de orientação e técnicas de mobilidade que permitam deslocar-se no ambiente urbano da sua residência e área onde exerça a sua actividade.
- Não exercer a mendicidade.
- O candidato deverá possuir um modo de vida com um propósito construtivo. Poderá não estar empregado mas possuir um potencial realístico de emprego, e não poderá ser um indivíduo que pretenda o cão unicamente para companheiro.

Recorda-se que os nossos cães para manter a sua eficácia requerem que o seu serviço obedeça a propósitos concretos de trabalho.